Menu

Casas vazias

Capa do livro Casas vazias

Sinopse

Uma criança desaparece em plena luz do dia. De um lado desse vazio brutal, o instante de desatenção de uma mulher que nunca quis ser mãe. Do outro, uma mulher que deseja ser mãe a ponto de cometer um ato desesperado. Entre esses dois pontos de vista, acompanhamos uma narrativa que ecoa as diversas formas de maternidade, das impostas às almejadas, do seu papel social à sua natureza primordial, em uma trama visceral e inquietante.

Título original: Casas vacías

Capa e projeto gráfico: Luísa Zardo

Tradução: Livia Deorsola

Sobre a autora

Brenda Navarro é uma escritora nascida no México, em 1982, que vive em Madri. Estudou Sociologia e Economia Feminista no México e fez mestrado em Estudos de Gênero em Barcelona. Além da atuação em órgãos que lutam pelos direitos humanos, destaca-se seu envolvimento em projetos que buscam promover a escrita de mulheres, como o Enjambre Literario, fundado por ela, que teve como objetivo divulgar vozes femininas da América Latina a partir da publicação de suas obras. Também autora de contos e poemas, ganhou o prêmio Tigre Juan por Casas vazias, seu romance de estreia.

Sobre o Curador

Emilio Fraia nasceu em São Paulo, em 1982. É autor de Sebastopol (Alfaguara, 2018, terceiro lugar no Prêmio da Biblioteca Nacional, finalista do Prêmio Jabuti e semifinalista do Prêmio Oceanos), de Campo em branco (Companhia das Letras, 2013, em parceria com o artista DW Ribatski) e de O verão do Chibo (Alfaguara, 2008, em parceria com Vanessa Barbara, finalista do Prêmio São Paulo de Literatura). Foi um dos autores selecionados para a coletânea Os melhores jovens escritores brasileiros da revista britânica Granta. Teve sua ficção publicada nas revistas The New Yorker, One Grand e nas coletâneas Passageways, da Two Lines Press, e Cuentos en tránsito, da Alfaguara, na Argentina.

Voltar para o topo

Não sabe qual caixinha escolher?

O Vinícius e a Cecília podem ajudar.

Faça o teste
CeciliaVinicius